terça-feira, 11 de novembro de 2014

É ébolas, é legionellas..


Pois que anda uma praga!! Primeiro, eram as notícias do ébola, agora vem a legionella no concelho de Vila Franca de Xira.

Quando ouço estas últimas notícias sobre a legionella fico um bocado assustada, e com receio de que esta coisa alastre a nível nacional. Já sei que é quase impossível isso acontecer, visto o foco da infeção estar concentrado provavelmente naquela zona, mas de qualquer forma, assusta ouvir as notícias e perceber que pessoas já morreram à conta disto. Claro que as pessoas que já faleceram deviam provavelmente ter outras complicações médicas associadas ao seu estado de saúde e com esta infeção ficaram ainda mais debilitadas.. De qualquer modo, espero que as autoridades de saúde ajam rapidamente, para descobrir o foco da infeção e para tratar todos os que foram atacados pela bactéria. Ouvi de manhã na rádio que achavam que o foco da infeção residia numa empresa fabril naquela zona, Resta esperar, para saber se é mesmo assim!

Apesar da maioria das pessoas infetadas estar concentrada naquela zona, isso não impede que qualquer pessoa noutro local possa apanhar, visto que a legionella é uma bactéria que está presente em lagos, rios, reservatórios de água naturais, portanto. Para além disso, também pode andar nas condutas água doméstica, ares condicionados, piscinas, termas, etc.. E infelizmente, é uma bactéria resistente aos desinfetantes comuns. 


Aqui ficam algumas informações sobre a forma de transmissão e os sintomas mais comuns:

- Através da inalação do vapor de água (via aérea) contaminada com a bactéria. 

- Não se transmite pela ingestão de água contaminada, nem de pessoa a pessoa. 

- É, portanto, mais comum nas piscinas, nas grandes superfícies com ar condicionado (hipermercados, centros comerciais) ou nas próprias casas, se o reservatório de água da companhia, estiver contaminado. 

- O período de incubação vai de 2 a 10 dias.


      Quem são os grupos de risco?

- Idade superior a 50 anos

- Doenças respiratórias associadas (Asma, Bronquite)

- Doenças crónicas (Diabetes, Doenças cardíacas, Cancro)

- Tabagismo, Alcoolismo

Nas crianças, habitualmente a infeção tem uma evolução benigna e favorável.

  O Quadro Clínico habitual é de Pneumonia, cujos Sintomas são os seguintes:

- Febre, mal-estar, dores musculares

- Dor de cabeça

- Tosse, com ou sem expetoração

- Náuseas, vómitos, diarreia


Posto isto, resta-nos aguardar os próximos episódios e confiar que as autoridades de saúde depressa tratem deste surto.

Beijinho.





1 comentário:

  1. ontem passei a tarde com meu pequenino no médico pois a tosse e pingo no nariz não desaparecem,,mas é só uma constipação!!
    só doenças esquisitas ..enfim-- obrigado pelas dcas e informação!!
    está a decorrer um giveaway no blog, participa!!
    beijinhos:)
    http://belezademulheremae.blogspot.pt

    ResponderEliminar